4.2.Ensino Secundário – Avaliação

A última reforma do ensino secundário reporta-se a 2004 e foi regulamenta pelo Decreto-Lei nº74 de 26 de Março, que estabelece os princípios orientadores da organização e gestão do currículo, bem como da avaliação e certificação das aprendizagens do nível secundário da educação. Ainda no mês de Maio desse ano foi materializada a execução dos princípios enunciados pela referido Decreto-Lei, através da Portaria 550-D. Posteriormente, pelo Decreto-Lei nº 24/2006 de 6 de Fevereiro, são feitas alterações ao anterior Decreto-lei.

            No que concerne à avaliação das aprendizagens, existem duas modalidades:

  • A avaliação formativa que é contínua e sistemática e tem a função de diagnóstica, permitindo aos professores e demias elementos da comunidade educativa obter uma informação sobre a evolução das aprendizagens e, caso os resultados o justifiquem, deverá ser feito um ajustamento dos processos e estratégias.
  • A avaliação sumativa que consiste na formulação de um juízo globalizante e tem como objectivos a classificação e certificação. Existe a avaliação sumativa interna, da responsabilidade dos professores e dos órgãos de gestão pedagógica da escola e a avaliação sumativa interna, feita pelos exames finais nacionais, e é competência de serviços centrais do Ministério da Educação.

Estas são as orientações gerais da tutela e compete às escolas definir os critérios de avaliação que, por imposição legal, devem ser dados a conhecer aos alunos e Encarregados de Educação (E.E.). Na minha escola os critérios de avaliação incidem sobre os domínios

  • do conhecimento substantivo que visam níveis cognitivos  da memorização e da compreensão.
  • do conhecimento processual em que se avalia as capacidades de aplicação dos conhecimentos a novos contextos, da planificação e execução de actividades laboratoriais/experimentais e da comunicação.
  • das atitudes/valores inerentes ao trabalho em Ciência onde se contemplam aspectos relacionados com o saber-ser, o saber-estar.

Considero que os domínios a avaliar estão em concordância com as Orientações do Ministério da Educação para a avaliação do ensino secundário, mas a terminologia não é de fácil compreensão pelos discentes e E.E., pelo que compete ao director de turma explicitar o significado dos termos.

Os instrumentos de avaliação para os conhecimentos substantivo e processual são os testes escritos, os relatórios das actividades laboratoriais e os trabalhos individuais/grupos feitos na aula e têm o peso de 80%. Para a avaliação das aitudes/valores são utilizadas grelhas de avaliação e têm o peso de 20%.

Admito que existam outros possíveis critérios de avaliação/instrumentos tão ou mais válidas que os utilizados na minha escola, mas pela minha experiência considero que:

  • abrange as várias competências a desenvolver pelos alunos e que são contempladas nas Orientações emanadas da tutela.
  • têm servido de orientação à a planificação e à avaliação formativa -construção dos instrumentos de avaliação, inclusivé os de recuperação das lacunas na aprendizagem.

       Além disto, comparando os resultados da avaliação sumativa externa dos meus alunos com a sumativa interna, não tenho tido discrepâncias. Claro que desenvolve um processo ensino aprendizagem de carácter predominantemente académica, que é o que se pretende testar na avaliação sumativa externa, e desta depende o futuro dos alunos. Referi predominantemente académica, porque também promovo algumas situações (poucas) de aprendizagem que vão além disso, concretamente o ensino não formal.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: